Apresentação

Colóquio internacional “Da cidade sacra à cidade laica: dinâmicas urbanas e novas memórias”

Lisboa, Portugal – 4, 5 e 6 de Novembro de 2015
Auditório do Arquivo Nacional da Torre do Tombo

O Colóquio internacional  “Da cidade sacra à cidade laica: dinâmicas urbanas e novas memórias” integra-se no projecto de investigação “Lx Conventos – Da cidade sacra à cidade laica. A extinção das ordens religiosas e as dinâmicas de transformação urbana na Lisboa do século XIX”.

A extinção e secularização das casas religiosas resultante das revoluções liberais que alastraram por toda a Europa e América Latina na transição do século XVIII para o século XIX, provocou transformações profundas na paisagem urbana e nos próprios conventos. O impacto da secularização das casas religiosas no desenvolvimento urbano da Lisboa liberal é o objecto de estudo do projecto de investigação LxConventos.

Coincidindo com o seu final realiza-se um colóquio internacional alusivo à temática, no qual se pretende agregar investigações em curso – nacionais e internacionais – sobre o papel dos conventos nos processos de transformação do território, da paisagem e das formas urbanas, propondo uma plataforma de partilha de informação, de linhas metodológicas e de objectivos globais. Pretende-se também comparar a diversidade de situações de transformação e reocupação dos edifícios conventuais que não foram demolidos, lançando uma ponte para visões e projectos de futuro.

As comunicações inserem-se nas seguintes linhas temáticas:

  • as articulações entre o processo de planeamento urbano das cidades e a urbanização das cercas conventuais;
  • as reconversões funcionais dos edifícios monástico-conventuais no pós-extinção;
  • memórias e vestígios;
  • património monástico-conventual na cidade contemporânea. O presente e o futuro.

Este projecto teve início em Maio de 2013 e termina em Novembro de 2015. É financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (PTDC/CPC-HAT/4703/2012) e resulta de uma parceria entre o Instituto de História de Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa, o Departamento de Património Cultural da Câmara Municipal de Lisboa, o Arquivo Nacional da Torre do Tombo da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas, e o NOVALINCS – Laboratory for Computer Science and Informatics da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

_________________________________________________________________

rodape

Anúncios